domingo, 28 de outubro de 2007

Por que os animais sofrem?

Sempre que conversava com minha mãe sobre espíritismo, ela me interrogava sobre esta questão. Ela não é espírita e não compreende ainda muitas coisas sobre a doutrina, tentava de alguma forma falar da importância dos animais em nossa casa e de como crescemos amando e respeitando os bichos e do quanto sofremos com sua morte.
O livro dos espíritos nos esclarece sobre essa questão, os animais possuem um princípio inteligente, diferente daquele que anima o homem. Mas não pensam, nem possuem o livre arbítrio, apenas instinto. Quando desencarnam, o princípio espiritual que o animou é reaproveitado em outro animal que vai nascer, quase que imediatamente. Quanto ao seu sofrimento acredito que é parte também da sua evolução, todos que estão na materia passam por etapas de evolução: nasce, cresce, reporduz, envelhece e morrem, por isso os animais não estão livres do sofrimento, se uma grande quantidade de animais morrem com doenças do tipo " Vaca louca" acreditamos que não é para atingir os animais, mas para a própria evolução do homem.
Os animais possuem um princípio inteligente, portanto possuem Espírito, porém, numa fase evolutiva anterior à do homem. Quando ficam doentes, não sofrem no sentido em que normalmente se entende o sofrimento. No homem, o sofrimento funciona como um depurador de suas imperfeições, estimulando seu desenvolvimento moral. O animal não tem vida moral e por isso suas dores são apenas físicas. Claro, todas essas impressões positivas e negativas fazem parte das experiências que se acumulam para edificar o futuro ser pensante. Certamente não se está afirmando que o animal (a espécie física) de hoje será o homem de amanhã. Não. O Espírito que o anima, sim. Viaja nos caminhos da evolução em busca do reino dos seres que pensam.

4 comentários:

Adriana disse...

Baby,

Dando uma fuçada pelo seu blog, e já que tudo o que fala sobre os animais me interessa bastante, acabei achando esse ótimo texto! Adorei! Olha, eu queria aproveitar para dizer que vc escreva mais, viu? Vc diz que não tem o "dom da escrita" mas pelo que vejo não é nada disso...

Beijos!!!

bicho disse...

obrigado pela explicaçao

Auuuop! disse...

Eu tenho minhas dúvidas... os animais sentem falta, sentem "saudade" do dono, a evidência, é que há cachorros, e outros animais, que adoecem longe dos seus donos, alguns nem conseguem comer de tristeza.

Auuuop! disse...

Descordo... Os animais sofrem sim, alguns, sentem tanta falta do dono que ficam sem comer, essa já é uma prova suficiente pra gente saber que eles sentem tristeza também. Do mesmo modo também têm alegria no coração, eles têm sentimento, apenas não têm o poder de decisão e pensamento elevado.