quinta-feira, 17 de setembro de 2009

CANTO DE LOUVOR



Senhor,

Há tanto para exaltar em Teu Nome!

A brisa perfumada que perpassa,

Rociando a delicada face da Natureza em festa,

É a sinfonia da vida em intérmina magia

De cor, de luz e de poesia

Convidando ao amor, à harmonia.

Pipilam avezitas em delicados ninhos,

Protegidas pelos carinhos

De vigilantes pais.

Movimentam-se pequeninos animais

Entre tufos verdejantes e regatos canoros...

Em tudo estão presentes

A ordem, a alegria, a paz.

No imenso tapete de relva,

Violetas perfumadas

Confraternizam com miosótis azuis,

Enquanto as rosas,

Sempre formosas,

Esplendem em festões.

Jasmins e nobres tulipas,

Papoulas vermelhas e amarelas,

Delicadas e belas,

São renovado encantamento para as emoções.

O céu azul, infinito,

Com ligeiras nuvens garças,

Faz-se moldura e tela permanente,

Onde o Pintor Celeste presente

Compõe novos painéis de beleza

Enriquecendo a Natureza.

Eu Te exalto, Senhor!

Contemplando os lírios brancos e puros,

As folhas de verde variado,

As árvores vetustas, frondosas,

Nos imensos naturais jardins

Que me permites contemplar,

Identificando-Te em toda parte,

Aqui estou, comovida, a Te louvar.

Amélia Rodrigues

(De: "Sob a proteção de Deus", de Divaldo Pereira Franco - Diversos Espíritos)

2 comentários:

Jeanne disse...

Amigos, venham conhecer o novo blog que estou inaugurando hoje, o link é:
http://crescerdatrabalho.blogspot.com/

Espero por vocês lá.
Beijos

Cris disse...

Obrigada Jeanne, irei conhecer agora, bjos fraternos