terça-feira, 15 de dezembro de 2009

COMO DECIDIR


Aquele que tem olhos invejosos corre atrás das riquezas, mas não sabe que há de vir sobre ele a penúria. Pv. 28:22

As crianças sempre procuram riquezas sem primeiro entenderem o objetivo dos bens materiais.

A fortuna pode ser um desastre para o seu comportamento espiritual.

-o-o-o-

O ouro em mãos frágeis desvia os sentimentos do bem e deturpa as ideias benfeitoras formadas pelo coração que se inspira na verdade.

-o-o-o-

Deves decidir, mesmo que estejas com o cofre recheado do metal precioso, a te comportares bem diante da força do dinheiro, usando-o com justiça, servindo-te dele, e não o servindo.

-o-o-o-

A fortuna é uma provação para o Espírito, mas, a Alma educada usa esse meio perigoso para que o amor se manifeste com mais intensidade.

-o-o-o-

Quem somente vê em sua retina o brilho do ouro, está cego diante da luz e surdo ante o chamado para conviver com a humanidade. O orgulho e o egoísmo policiam sua mente ainda ignorante.

-o-o-o-

Decide-te agora mesmo a usar bem os bens materiais. Eles ficam e tu irás; eles vieram com um destino, mas tu deste a eles outro roteiro.

Eles vieram tão somente para te servir, tu não os deixaste ajudarem.

-o-o-o-

O ouro é luz nas mãos do iluminado, o ouro é treva nas mãos do ignorante.

-o-o-o-

Nada falta no mundo; tudo existe com fartura. A carência que existe é de compreensão. Se os homens acatassem a lei da observação, a Terra já seria um paraíso.

-o-o-o-

O abuso do poder acarreta sofrimentos e a revolta dos que nada possuem desvia os suprimentos que viriam em benefício de todos.

-o-o-o-

O mundo precisa de fraternidade, não somente falada, mas, vivida. Fora disso, não haverá felicidade.

Quando todos participarem da economia da Terra com justiça, a verdadeira paz começará a se instalar no reino dos corações.

(De: "Gotas do Bem", de João Nunes Maia, pelo Espírito Carlos)

4 comentários:

Norma Villares disse...

Amiga, gostei de seu blog, estou acompanhando, se você permitir.

Abraços sublimes

Unknown man disse...

Cristina
a riqueza é uma das provas mais difíceis. Apesar da riqueza ser neutra, o homem decide o que fazer. Com frequencia ele é dominado pela riqueza, ou poder, ou beleza quando o objetivo é dominar.
A fragilidade do ser humano se manifesta em si mesmo, por espírito ainda muito fraco, sem forças espirituais atuantes e assim frágeis ao lidar com estas situações. São, acredito, ser mais expiação do que provas.
A decisão sempre é do homem, mas sem estrutura moral e ético dificilmente vence.
Nesta vida, começa-se pela educação no lar, através do exemplo e é o que falta ao homem.


deixe-me parar por aqui se não este comentário vira um texto...rs desculpe!!

Com muito carinho,
Uman

Unknown man disse...

Nada falta no mundo e sobra demais do nosso egoismo.
O que falta no mundo é a humildade e simplicidade, fraternidade e compreensão, justiça e discernimento, amor e alegria.
E para melhorar o mundo, claro, devemos mudar a nós mesmos.

Tenha um ótimo Natal, Cristina!!!
Com carinho,
Uman

Cris disse...

Norma, o blog é seu, meu é nosso, fique a vontade e obrigada por sua visita, Feliz Natal para vc e sua família, com muita paz e amor.


Unk como sempre seus comentários só vem complementar as mensagens,,obrigada pelo carinho, apoio e visita e peço perdão se não sou uma constante no seu blog, a falta de tempo muitas vezes me deixa em falta com meus amigos blogueiros, paz e luz em seu coração sempre